O ideal seria levar seu carro em 3 oficinas para a realização de 3 orçamentos diferentes e dentre elas, a oficina de sua preferência.

Na negociação com o causador do acidente, você pode mencionar que possui preferência por determinada oficina, pois é de sua confiança. O entendimento majoritário do Tribunal de Justiça do Paraná é de que o valor do menor orçamento (dentre os 3 realizados) é que deve ser considerado para fins de cobrança contra o causador do acidente.
Entretanto, quando você negocia diretamente com a seguradora do veículo causador do sinistro, geralmente esta empresa possui uma relação de oficinas credenciadas e você pode escolher uma delas, de sua preferência. Porém, você não está obrigado a aceitar as oficinas credenciadas da seguradora, caso você tenha realizado seus 3 orçamentos e discorde dos valores e prestação dos serviços apresentados. Contudo, se a seguradora se negar a efetuar o pagamento do conserto em uma das oficinas que você providenciou os orçamentos, você poderá ajuizar demanda indenizatória contra o causador dos danos com base nos orçamentos que você realizou.
Caso o seu veículo seja novo, ou seja, você retirou da concessionária (0 km) e rodou poucos meses com ele, várias seguradoras estão aceitando que o conserto seja feito diretamente com a concessionária do seu veículo.

O livro Manual Prático de Acidente de Trânsito traz mais informações a este respeito, inclusive com a indicação de decisões judiciais sobre diversos tipos de acidentes de trânsito.

Deixe seu comentário